Onde Passar o Natal? | Recém-Casados

O Natal é tempo de estar em família. É tempo de amor, paz, união, perdão, muitos sentimentos bons e presentes. Mas, quando você e o seu cônjuge tem problemas para decidir onde passar o dia? Não sabe em qual das duas famílias ficar ou não quer passar em lugar nenhum? Essa preocupação vem à mente de muitos recém-casados e pode até ser motivo de brigas entre o casal.
Quando isso acontece, o momento de compartilhar acaba sendo estressante. Eu já briguei por causa disso e percebi que a melhor forma de resolver é conversar! Por isso, trouxe algumas dicas que podem ser úteis para tomar a melhor decisão!

Quero passar o Natal com a minha família e ele com a dele

Antes que chegue essa data e muitas outras, é importante que o casal faça um acordo, assim, podem revezar e passar na casa de ambas as famílias, caso tenham oportunidade para isso. Até mesmo porque juntar as duas pode dar um trabalhão. Outra opção seria combinar de alternar a cada ano.

Faça a Ceia de Natal na sua casa e reúna as duas famílias

Reunir as duas famílias pode dar um pouquinho de trabalho, mas se achar mais viável e ambos concordarem, aproveite! É até mais vantajoso do que ficar ‘pingando’ de casa em casa!

Minha família não é tão unida. O que fazer?

Se sua família briga muito no Natal e nunca entram em clima natalino, talvez seja interessante dar uma passadinha mais cedo na casa deles, entregar todos os presentes, dar abraços e ir para um local em que se sintam bem!

Minha família mora longe! E agora?

Bom, se é inviável visitar as duas famílias no mesmo dia, é interessante ser bem criativo. Uma dica é passar a ceia do dia 24 com uma família e o almoço do dia 25 com a outra.

Ele (a) não quer passar o Natal em nenhum lugar

É importante conversar com seu cônjuge e perguntar para ele o motivo de não querer comemorar a data. Mostre para ele ou ela, o quanto é essencial participar das tradições e como você gosta de fazer isso.

Existem várias situações e ideias possíveis para resolver os conflitos da noite de Natal e não há uma fórmula pronta, mas sempre faça um acordo com seu cônjuge! Feliz Natal!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *